Quer iniciar seus estudos em Astrologia ou quer fazer uma revisão dos conceitos básicos, que você já conhece?
Aqui, você verá todas as disciplinas disponíveis para você. 
São 30 horas de conteúdo para você estudar uma disciplina por mês.

​​​​​​​
1. A Matriz do Mapa: Sol Lua e Ascendente

A Matriz do mapa é a primeira disciplina do curso de formação em Astrologia

Em nossa matriz astrológica, o mapa de nascimento, há uma tríade que pode ser mais imediatamente identificada pelo comportamento mais à flor da pele, pelas reações e até, em parte, pela aparência. Trata-se do signo solar, do lunar e do signo Ascendente. Para começar a entender a si mesmo através do mapa astrológico, nada melhor que começar por esses três fatores combinados. Através do entendimento de cada um em separado e, depois, da síntese de todos, você verá que muita coisa do que dizem a respeito dos signos isoladamente não se aplica. Mais ainda: que essas nuances representam suas percepções e suas relações com o mundo ao seu redor.
O conteúdo aborda as diferentes características de Sol, Lua e Ascendente nos 12 signos, em 15 vídeos.
Há, ainda, 5 vídeos nas Referências, com temas recomendados durante as aulas e, também, 2 artigos escritos pelo Carlos Hollanda.
 
Carga horária: 8 horas
2. Signos Opostos

Signos opostos são o tema da segunda disciplina do curso de formação em Astrologia

Como funcionam os signos opostos? Isso é bom? É ruim? Tem alguma finalidade? No círculo zodiacal (eclíptica) os signos são divididos igualmente em 12 arcos de 30 graus cada e cada um deles tem um signo que está lá do outro lado, a 180 graus de distância. Esses são signos opostos polares e têm finalidades compensatórias, seja em se tratando de comportamento, seja em termos de situações vividas que a eles são análogas. Mas e seu eu te disser que existem também os “opostos adjacentes”? Pois é, tanto os opostos polares quanto os adjacentes são fatores muito importantes a considerar, pois concebê-los facilita o entendimento de si, do mundo e, claro, do mapa astrológico. Usar esses conceitos no dia a dia é um verdadeiro treino para uma vida melhor e mais completa.
O conteúdo está dividido em 28 vídeos, apresentando as polaridades opostas e adjacentes de todos os doze signos.
Carga horária: 8 horas
3. Casas Astrológicas

Casas astrológicas são o tema da terceira disciplina do curso de formação em Astrologia

Se os signos podem ser entendidos como uma divisão lógica do céu e das estações do ano com base filosófica (astrologia clássica), como representações da psique profunda (em astrologia psicológica) ou como uma ordem cósmica (astrologia mais esotérica), as casas astrológicas são “coisas”. Como assim? As casas fazem aquilo que tocam se manifestar concretamente e tanto podem expressar padrões psíquicos quanto, e mais ainda, experiências concretas em ação. Elas representam nossas experiências mundanas e como lidamos com as realidades ao redor, daí sua enorme importância na interpretação de um mapa astrológico. Neste curso você vai entender os princípios que regem estas subdivisões do mapa, suas características e diferenças. Lembre-se: signos e casas não são a mesma coisa, apesar das semelhanças, e isso será demonstrado no curso. 
Neste curso, você vai aprender sobre: 
os hemisférios e quadrantes, suas funções e características
casas angulares, sucedentes e cadentes: o que significam?
o significado geral das 12 casas e suas aplicações nos diversos tipos de interpretação ênfases nas casas, o comportamento e as circunstâncias que nos envolvem
casas derivadas: as primeiras noções e a enorme importância delas
 
O conteúdo está dividido em: 
24 vídeos com as aulas divididas por assuntos 
7 vídeos com referências citadas durante as aulas 
4 arquivos em pdf para download 
Um glossário com mais de 370 itens para você consultar os assuntos regidos pelas casas 
 
Carga horária: 8 horas
4. Signos: 4 elementos, ritmos e suas combinações
Os quatro elementos, os ritmos e suas combinações são o tema da quarta disciplina do curso de formação em Astrologia
O zodíaco é subdividido em conjuntos, de modo que fique mais fácil classificar as características de signos e suas qualidades. Um desses conjuntos é o dos Elementos (Fogo, Terra, Ar e Água – as triplicidades), enquanto outro é o dos Ritmos ou “Quadruplicidades”, que contém os signos Cardinais, Fixos e Mutáveis. Dentro de cada um desses três Ritmos os fatores que os compõem inter-relacionam-se de modo conflitante. Isso deu origem às noções do senso comum, nem sempre fundamentadas, de “signos que combinam ou que não combinam”. Mas a coisa vai além: neste curso temos uma introdução aos motivos pelos quais relacionamentos podem se complicar, aspectos (ângulos) entre planetas se desarmonizam e o que mesmo os signos cujos padrões de manifestação são tão diferentes têm em comum.
Carga horária: 6 horas
Conheça o nosso pacote promocional
Os conceitos fundamentais da Astrologia

You may also like

Back to Top